Reduzir custos é um dos principais objetivos de toda a organização. No caso dos transportadores e profissionais da logística, essa situação é ainda mais crítica quando olhamos o cenário do país e os desfalques, tanto relacionados aos valores de fretes, por exemplo, quanto a infraestrutura e os gargalos em toda a extensão rodoviária. Outro elemento importante à ser avaliado, é a questão da “concorrência“ entre os modais que desfavorece o transporte de cargas em seu grande potencial.

Podemos citar outros fatores que não devem ficar de fora da lista: o custo e consumo de combustíveis, desgaste de pneus, riscos e falta de segurança nas rodovias que condicionam aos roubos de cargas propriamente ditos, entre outros.

No intuito de reduzir tais custos com o transporte, algumas medidas podem ser adotadas, como um sistema de compressores de ar que utilizam menos energia, sistema de transmissão automatizado e outras ferramentas que podem reduzir até 10% do consumo segundo a WABCO South America. Um sistema basculante é outro fator que contribui para reduzir os custos, realizando uma carga e descarga muito mais eficiente e rápida. A forma correta da vedação do veículo também é uma medida, pois as perdas de um má vedação pode chegar a 5% da carga.

Contudo, o caminho para encontrar as melhores soluções para redução de custos e aumento na eficiência logística e operacional da empresa, é a adoção de processos e um sistema de informação gerencial para o controle de gastos, da depreciação do veículo, o desenvolvimento de comparativos que viabilizem informações para as melhores práticas e opções de rentabilidade, e permitam acompanhar o desempenho dos envolvidos no transporte, entre outros dados.

Neste sentido, o TMS (Sistema para Gerenciamento de Transportes), tem como finalidade identificar e controlar os citados custos de cada operação e a sua distribuição / aplicação sobre cada elemento existente na cadeia de transporte, envolvendo não somente o veículo em si, mas os recursos humanos e materiais, a carga propriamente dita, índices e indicadores de discrepâncias na atividades e entregas realizadas, tudo em comparativo aos valores e tabelas associados, indicando o ajuste ideal ao melhor modelo de atuação e gestão da empresa, conforme as opções apresentadas e dados obtidos.

A partir deste momento, o uso de indicadores e metodologias de gestão são sempre bem-vindas para deixar claro onde a empresa se encontra e onde a mesma quer chegar, sempre na busca da melhoria contínua (receba aqui, gratuitamente, informações completas sobre Indicadores da Logística. Confira).

Quer saber mais sobre o funcionamento do TMS e como o mesmo pode ser extremamente útil e importante para empresas do segmento, solicite um atendimento de nossos consultores gratuitamente e sem compromisso. Clique no link abaixo:

[button color=”red” size=”medium” link=”http://www.stradasolucoes.com.br/central-comunicacao/index.php?solucao=TMS&tipoForm=contatoDemonstracao” icon=”” target=”true”]Solicite uma Demonstração[/button]