Tecnologia da Informação na Logística

A Logística se tornou um elemento-chave na estratégia junto a tecnologia da informação na competitividade das empresas. Antigamente, a logística era compreendida somente como transporte e armazenagem. Atualmente as empresas já compreendem na Logística uma potente ferramenta para garantia de sucesso de seus processos e bons resultados operacionais e financeiros.

Tecnologia da Informação

Gerenciar Processos Logísticos

Pode ser um trabalho muito complexo, pois inúmeras informações precisam ser geradas e controladas, caso algo se perca, pode prejudicar todo o processo. Então, a informação possui papel crucial para a eficácia do desempenho da Logística porque é o alicerce sólido para que os gestores estruturem seus planejamentos e decisões.

E, a cada dia que passa o fluxo de informações se torna fator de grande preocupação e importância nos processos que envolvem as operações logísticas. Os conjuntos básicos de informações logísticas incluem pedidos de clientes e de ressuprimento, necessidades de estoque, programação de atividades dos depósitos, documentação de transporte e faturas.

Antigamente, o fluxo de informações era documentado principalmente em papel, resultando em lenta transferência de informações, sendo a mesma pouco confiável e propenso a erros. O fluxo de informação documentado em papel aumenta o custo e diminui a velocidade operacional reduzindo a satisfação do cliente. E, nos dias de hoje a tecnologia surge como aliada das empresas logísticas para documentar, controlar e obter estas informações.

Temos então, a tecnologia da Informação (TI). Consiste em várias tecnologias que coletam, processam, armazenam  e transmitem informações com suporte de hardware e software, utilizados por toda uma cadeia logística para agrupar e analisar informações.

Os sistemas de tecnologia da Informação são fundamentais, pois permitem que as empresas reúnam e analisem as informações. Elas podem ser segmentadas de acordo com as atividades logísticas envolvidas, nos quais se concentram e com fase de decisões dos processos aos quais são envolvidos.

A tecnologia da informação pode trazer inúmeros benefícios para a logística, como redução de custo e maior eficiência e rapidez nos processos.

Redução de custo

O custo decrescente da tecnologia da informação, associado à sua maior facilidade de uso, permite aos gestores de logística utilizar essa tecnologia, com o objetivo de transferir  e gerenciar informações eletronicamente, com maior eficiência, qualidade  e rapidez.

A transferência e o gerenciamento eletrônico de informações proporcionam oportunidades de redução de custos logísticos por meio de melhor coordenação, além do aperfeiçoamento dos serviços que podem ser consubstanciados na melhor oferta de informações a clientes.

Tecnologia da Informação na Eficiência dos Processos

A tecnologia está evoluindo em ritmo acelerado, em velocidade e capacidade de armazenamento das informações, gerando simultaneamente reduções significantes de custos e espaço. À medida que a tecnologia da informação prossegue sua trajetória de contínua evolução, vão surgindo várias inovações que influenciam as operações logísticas e as aprimoram cada vez mais.

Além disso, a tecnologia da Informação permite uma redução drástica na burocracia e nos documentos que eram feitos manualmente, sendo substituídos por softwares que integram todas as informações, em um design de fácil usabilidade e permitindo que estas informações sejam atualizadas em tempo real.

Assim, os processos se tornam mais eficientes e rápidos, além disso, permite que as decisões tomadas tenham mais precisão.

Concluindo

A Tecnologia da Informação bem estruturada trará inúmeros benefícios para os processos logísticos. Estes benefícios são advindos da concentração e integração das informações, que por serem atualizadas em tempo real garantem que as tomadas de decisões sejam mais assertivas e precisas, consequentemente, provocando diversas melhorias como:

  • Valor de estoque;
  • Redução na falta de material,;
  • Melhoria no nível de serviço;
  • Melhoria  no atendimento aos clientes;
  • Aumento da eficiência operacional;
  • Níveis de estoque mais focados com a realidade da demanda,;
  • Redução no tempo de inventário;
  • Rastreabilidade de frotas e produtos;
  • Planejamento de rotas, cargas e modais;
  • Cumprimento dos prazos de entrega.

Gostou do nosso conteúdo? Então saiba mais sobre sua gestão logística: minha empresa está no caminho certo?

Veja aqui

Quer saber mais sobre expectativas e realidades da tecnologia da informação?

Clique Aqui