Com um fluxo de 8,5 milhões de toneladas de cargas movimentadas em fevereiro, o Porto de Santos atingiu um novo recorde, representando um incremento de 9,5% em comparação ao mesmo período do ano anterior (no caso, 7,8 milhões de toneladas).

Isso representa, somente nas exportações, uma alta de quase 5% do total da expansão, resultando no melhor desempenho já avaliado dentro do período, sendo impulsionado, principalmente, pela soja em grão (+91,7%), milho (+39%), café em grãos (+33,5%), óleo combustível (+28,5%) e açúcar (+15,6%).

Com relação as importações, o crescimento registrado foi de 21%, em um total de 2,6 milhões de toneladas, destacando-se a nafta (+75%), enxofre (+49,7%), trigo (+49,6%) e carvão (+42,7%), acumulando no bimestre um total em movimento de 16 milhões de toneladas, superando também a melhor marca registrada, em 2013, quando o resultado foi de 15,5 milhões.

Neste sentido, o Porto somou em fevereiro na movimentação de contêineres, 277.798 teu (medida equivalente a um contêiner de 20 pés). Índice 7% maior do que as operações realizadas em 2014 no mesmo período, acumulando no bimestre 562.835 teu, crescendo 5% nos dois primeiros meses do ano.

O valor comercial das importações chegou a US$ 8,4 bilhões, contra US$ 6,7 bilhões em exportações, possibilitando ao Porto de Santos alcançar a marca de 26,4% na concorrência de comercio brasileiro.

Fonte: Agência CNT de Notícias.