Preço do combustível não deve sofrer novo reajuste em 2015

Durante uma audiência pública conjunta das Comissões de Assuntos Econômicos e de Infraestrutura do Senado, a Petobras descartou um novo reajuste nos valores de gasolina e óleo diesel ainda esse ano.

Aldemir Bendine, presidente da companhia, declarou que atualmente o Brasil apresenta uma uma condição justa de preços de derivados, e que os mesmos são aplicados conforme as margens operacionais da empresa .‘’ O atual preço é baseado nos custos mais um percentual de ganho, seguindo a lei de mercado”, ratificou.

Ainda segundo Bendine, os valores praticados estão dentro da média do mercado mundial, com exceção apenas ao Estados Unidos, que possui um montante mais refreado, porém mais volátil. “Não temos perspectiva de volatilidade quanto a isso, nos encaixamos num quadro mais estável, sem mudanças constantes [… ] nossa gasolina não é tão mais cara, quando se compara em unidades de dólar, ao do mercado em geral, como o europeu’’.

Só em 2015, o governo autorizou dois aumentos dos valores ao consumidor e o combustível brasileiro foi considerado o 78º mais caro entre 163 países.

Fonte: Valor.com.br

2015-05-05T10:24:37+00:0005/05/2015 às 10:24|Notícias, Strada Express|