Não fique perdido

No meio de tantas siglas você se depara com uma cicla chamada CT-e e não sabe nada sobre ele? Então é neste conteúdo que iremos tirar suas dúvidas e explicar melhor sobre este documento eletrônico.

Supostamente você já conhece a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e o Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais (MDF-e) que vieram para substituir as notas fiscais em papel junto com o CT-e. Caso não conheça, oferecemos conteúdos  sobre eles em nosso blog:

CT-eCT-eCT-e

O que é CT-e?

O significado da cicla CT-e é Conhecimento de Transporte Eletrônico um documento com o objetivo exclusivamente digital emitido e armazenado eletronicamente, com intuito de documentar uma prestação de serviço de transporte de cargas, ocorrida entre as partes, cuja validade constitucional é garantida pela assinatura digital do emitente e recepção e autorização, antes da ocorrência do caso gerador.

Como Utilizar?

O modelo fiscal eletrônico instituído pelo ajuste sinief 09/07, que poderá ser utilizado para substituir o seguintes documentos fiscais:

  • Rodoviário de Cargas – Modelo 8
  • Aquaviário de Cargas – Modelo 9
  • Aéreo – Modelo 10
  • Ferroviário de Cargas – Modelo 11
  • Nota Fiscal de Serviço de Transporte Ferroviário de Cargas – Modelo 27
  • Nota Fiscal de Serviço de Transporte – Modelo 7

O CT-e também pode ser utilizado pelos seguintes modais de transporte Dutoviário e Multimodais modelo 26, onde mais de um tipo de transporte é necessário até o destino final da carga.

Os Documentos que não foram substituídos pelo CT-e devem continuar serem emitidos dia cordo com a LEI Nº 11.442.

Armazenagem e Software Específico (dicas)

Também é importante citar a obrigatoriedade em guardar o CT-e por 5 anos, tanto pelo emitente e pelo destinatário para fins de fiscalização, ou seja, é necessário manter organizado todos os arquivos para evitar multas.

O CT-e é um arquivo exclusivo que necessita de um software específico para que possa ser visualizado. Além de ter como título longa chaves de acesso  o que dificulta a visualização e organização manual. Portanto, não é recomendado/seguro salvar os aquivos em HD (Hard Disk) sem manter backup.

Conclusão

Sendo assim, a melhor solução é contratar um serviço de armazenamento e gerenciamento online, como por exemplo o WeziDocs, por meio dele sua empresa poderá visualizar o DACTE (Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico) e o DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica) e disponibilizar o seu escritório contábil de acesso a suas notas e sempre que necessário baixar os arquivos em lote organizado em pastas de acordo com as respectivas datas e tipos de documento NF-e ou CT-e.

O DACTE (Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico) é o arquivo CT-e impresso e deve ser utilizado para acompanhar a mercadoria em trânsito, sua armazenagem não é necessário, afinal é apenas uma impressão do arquivo original e informatizado.

Gostou do conteúdo? Então saiba mais sobre o Serviço de Armazenamento e Gerenciamento Online

Conheça o WeziDocs