Todos estamos sujeitos a falhas nos equipamentos, por exemplo, uma falha no motor do caminhão que pode vir a acontecer a qualquer momento, esse tipo de situação, costumamos chamar de imprevistos. Então, todas as empresas do setor logístico ou de transportes estão sujeitos a imprevistos.

Pois bem, este tipo de situação, pode ser evitado, e desta forma evitar gastos desnecessários para a empresa, reduzindo custos com manutenção corretiva.

A manutenção corretiva consiste em substituir peças ou componentes que se desgastaram ou falharam e que levaram a máquina ou o equipamento a uma parada, por falha ou pane em um ou mais componentes. É o conjunto de serviços executados nos equipamento com falha.

Este tipo de manutenção visa restaurar a capacidade produtiva de um equipamento ou instalação, que esteja com sua capacidade de exercer as suas funções reduzida ou inexistente.

Para este tipo de manutenção, normalmente, não existe um planejamento e ocorrem em caráter emergencial e por este motivo seu custo acaba sendo elevado, os gastos com a manutenção corretiva são superiores a da manutenção preventiva, que visa solucionar um problema antes mesmo que ele ocorra.

Além de ser extremamente custosa, a manutenção corretiva ainda apresenta outras desvantagens como:

  • o período que o caminhão ficaria inoperante até que o problema seja solucionado torna o veículo inutilizável para o transporte, reduzindo a lucratividade da empresa por ter recursos parados
  • Pode causar perda e atraso nas entregas, justamente pelo fato de que o caminhão não está apto para voltar para as estradas e finalizar seu percurso, levando a insatisfação do operador que está recebendo a carga
  • Causar acidentes, por r exemplo, com pneus carecas, fato que não foi observado anteriormente, que podem levar o caminhão a derrapar em uma pista escorregadia e causar acidentes de leves a graves.
  • No caso dos acidentes, ainda pode gerar passivos trabalhistas para a empresa, que precisa arcar com toda a indenização do motorista acidentado, caso seja aplicável na ocasião.

A partir disso, podemos inferir aquele velho ditado “Prevenir é melhor do que remediar”. Pois, ao se evitar imprevistos, muitas outras situações de risco podem ser, também, evitadas. E vale frisar que, para prevenir, é de extrema importância a realização de manutenções preventivas regulares.

E a Manutenção Preventiva prevê a aplicação de um sistema de inspeção, limpeza, ajustes, lubrificação, troca de peças, calibração e reparo de componentes e equipamentos. Portanto, esta técnica previne os imprevistos através de uma série de medidas protetivas prévias.

Este tipo de manutenção, acaba por ser mais vantajosa para os operadores logísticos, pois previne gastos com reparação de danos, deixando os equipamentos sempre em bom funcionamento devido ao seu programa de inspeções.

E para ter um controle sobre as épocas em que a manutenção preventiva precisa ser realizada, a tecnologia surge como uma grande aliada. Auxiliando numa gestão de transportes eficaz, com informações rápidas e confiáveis que garantem maior poder na tomada de decisões e assim obtendo maior controle de qual momento é o apropriado para  a realização da manutenção preventiva.

A Strada Soluções em Tecnologia, dispõe de uma solução inovadora, o TMS Strada, que permite a realização do controle de manutenção e frota, e proporciona que a empresa programe rotinas de manutenção preventiva, o que viabiliza a redução do número de manutenções corretivas e consequentemente os custos com manutenção.