Just in Time: O que é e como utilizar em seu negócio

O que é Just in Time?

A descrição clássica do Just in Time (JIP) surgiu pelo Kiichiro Toyoda fundador da Toyota Motor Corporation (1981). Já à tradução da palavra para o português significa Produzir no tempo certo , ou seja, produzir só o necessário.

just in time

Por exemplo, em uma fabrica que produz com o sistema just in time não existe desperdício de matéria prima, isto é, toda a matéria prima já vem na quantidade exata e no momento exato para ser utilizada. Uma fábrica just in time só produz o que já foi encomendando pelo cliente na quantidade exata que ele quer. Sendo assim, não temos desperdício de tempo e com nenhum tipo de material.

 Just in Time VS Estoque

A utilização do just in time é revolucionária, isto acontece por que o (JIT) acaba com o estoque, ou seja, se a matéria prima vem na quantidade exata e só é produzido justamente no que foi encomendado, para que não exista necessidade de fazer estoque.

O (JIT) acabou com aquela ideia antiga de manter produtos no estoque, melhor dizendo, para manter o estoque exige espaço, gastos e nem sempre tem a saída que espera.

Por exemplo, quando o cliente encomenda a quantidade de produto  a fabrica pede a quantidade certa de matéria-prima e pede para entregar só naquelas horas que a fábrica estará produzindo o pedido, chamamos isto de puxar à produção.

  • Empurrar à Produção:

No modelo antigo você primeiro produz para depois tentar vender o produto ou serviço para o cliente.

Estoque -> Prejuízo

  • Puxar à Produção:

No modelo do (JIT) a produção é puxada pelo cliente, ou seja, primeiro vende para depois produzir na medida certa.

Produção -> Vendas

Sendo assim, o estoque é prejuízo e a produção deve ser exatamente igual as vendas.

Cédula de Produção

A célula de produção basicamente é um conjunto de poços de trabalho onde é feito um conjunto de produtos do começo ao fim. As maquinas e os equipamentos estão agrupados normalmente em formas U, ou seja, a movimentação na operação de várias máquinas facilitam na produção e comunicação durante o processo.

just in time

É possível perceber e resolver problemas durante a produção, isto é, por ocuparem um espaço menor é necessário organização e como o sistema é just in time não existe estoque, ou seja, a movimentação de produtos e máquinas é feita no mesmo local onde é produzido com apenas um número de pessoas específicas controlando a entrada e saída do material.

Kanban

Kanban é coração do (JIT), seu significado é ficha em japonês, portanto o método funciona com fichas que controlam à produção e a movimentação entre um ponto de trabalho a outro.

Funciona basicamente assim, os containers são marcados com as fichas Kanban e quando o container fica vazio, o funcionário movimenta aquele container junto com a ficha para um setor que irá alimentar novamente o container junto com sua ficha de produção. Sendo assim, o fluxo da produção só acontece de acordo  com a necessidade e com a quantidade certa de material a ser gasto e de produto a ser fabricado.

Sendo assim, as fichas Kanban facilitam a movimentação dos materiais e também o controle de quantidade e tempo gasto na produção.

Conclusão

Sendo assim, para conseguir alinhar o pedido do cliente de acordo com a demanda  da matéria-prima, solicitar um agendamento para o fornecedor chegar a tempo com o transporte até a fábrica no momento exato, e desta forma, iniciar a produção eliminando qualquer desperdício de tempo ou uso de estoque, uma sugestão para ter um maior controle do seu just in time é ficar atento ao tempo de chegada dos produtos na fábrica, ou seja, ter o controle do prazo de recebimento de forma eficiente.

Gostou do conteúdo? Então saiba mais sobre o que é e como calcular o  Lead Time!

Lead Time

Quer saber mais sobre uma ferramenta que garante o agendamento de recebimento em sua fábrica?

Conheça o Carga Pontual

2017-06-19T10:29:53+00:0014/06/2017 às 17:16|Desafios da Logística, Notícias, Soluções|