Greve de caminhoneiros afeta aos postos de combustíveis do Paraná e CEAGESP.

A greve realizada pelos caminhoneiros, que já atinge onze estados, chega ao seu quarto dia, afetando a produção e o abastecimento em algumas regiões brasileiras. O movimento é reflexo do protesto contra o aumento do preço do diesel e o baixo valor dos fretes os quais os profissionais são submetidos em suas viagens.

Na CEAGESP (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo), técnicos calculam uma redução de 10% nas frutas oriundas da região Sul do Pais e, no Paraná algumas cidades enfrentam falta de combustíveis e, em outras, a elevação de preços, que ocorre até mesmo de forma impressionante (o valor por litro de gasolina próximo a R$5,00). Em contato com alguns postos da região de Maringá, no Noroeste do estado em questão, por exemplo, alguns postos já garantem que o volume de combustíveis será o suficiente apenas para suprir o dia de hoje (24).

Neste sentido, todo um ciclo produtivo e de serviços também é impactado pela paralização. “As aves vão morrer de fome e não tem combustível nem para fazer vala para enterrar os animais”, queixou-se Amarildo Brustolin, integrante da Comissão de Avicultura da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP), ao constatar que, com a falta de combustível, o fornecimento da ração para as aves será interrompido.

Os estados com maior atuação do movimento são Paraná, Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, Pará, Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina. Até às 8h30min desta terça-feira, segundo a Polícia Rodoviária Federal, os seguintes pontos de bloqueio estavam sendo realizados:

  •  São Miguel do Oeste (trevo) – km 645 da BR 282
  • Guaraciaba Km 87 da BR 163 (trevo de Anchieta)
  • São José do Cedro – km 101 da BR 163
  • Maravilha – (trevo) km 605 da BR 282
  • Nova Erechim – Posto Maxsull – km 571 da BR 282
  • Xanxerê – km 504 da BR 282
  • Cunha Porã –- km 109 da BR 158
  • Irani – km 64 da BR 153
  • Palmitos – km 139 da BR 158
  • Campos Novos – km 317 da BR 282.
  • Pouso Redondo – km 174 da BR 470
  • Campos Novos – km 339 da BR 470.
  • Concórdia – km 97 da BR 153
  • Papanduva – km 54 da BR 116
  • Guaraciaba – km 83 da BR 163
  • São José do Cedro – km 105 da BR 163
  • Trevão Irani – Km 433 da BR 282
  • Lages – Km 244 BR 116
  • Sombrio – Km 437 BR 101
  • Guarujá do Sul – Km 111 da BR 163
  • Rio Negrinho – Km 123 da BR 280
  • Dionísio Cerqueira – Km 123 da BR 163

2015-02-24T18:43:41+00:0024/02/2015 às 18:43|Notícias, Strada Express|