Para garantir a eficiência na gestão logística do serviço prestado pela sua empresa é necessário planejamento, organização, vigilância e análise. Na teoria parece ser fácil, mas na prática existem detalhes que podem ocasionar vários imprevistos.

Um modelo de gestão da cadeia de suprimentos deve incluir métodos que aumentem o rendimento de todas as etapas logísticas para satisfazer o cliente final. Pensando nisso, especificamos alguns exemplos para otimizar o supply chain em sua empresa:

gestão logística

#1. AGILIDADE E CONTROLE NA LINHA DE PRODUÇÃO

Para ter o controle total da produção é necessário que a organização tenha todos os processos mapeados. Quanto mais números e informações, mais fácil fica para identificar as fragilidades do Supply Chain.  Por isso, é preciso monitorar desde o início até o fim, para agilizar e até prever a resolução de possíveis problemas.

#2. COMPARTILHE O SISTEMA DE GESTÃO LOGÍSTICA COM OS FORNECEDORES

A falta de estoque é prejudicial para o desempenho logístico, assim como o excesso, que implica em custos e perdas maiores. Dessa forma, compartilhar os sistemas da cadeia de suprimento com os fornecedores, ajuda com esse problema, já que eles produzem e entregam à medida que o nível de seu estoque está baixo.

#3. PREVISÕES DE DEMANDA PARA EVITAR DESPERDÍCIOS

Um dos pontos mais importantes para garantir o sucesso de uma empresa é conseguir mensurar as vendas que realizará no futuro, por meio de análises quantitativas e qualitativas.

Os métodos de previsão de demanda têm o objetivo de estabelecer metas de faturamento e determinar com mais precisão a quantidade de produtos que devem ser desenvolvidos ou adquiridos com os fornecedores. Pode ser uma tarefa um pouco complicada. Para isso, contar com o apoio da gestão logística é fundamental.

Olhar os históricos anteriores é um dos melhores métodos para prever a demanda, atribuindo comparativos de crescimento. Outros fatores são agregados à projeção e assim ganham uma forma de acordo com os rascunhos que vão sendo elaborados.

É importante lembrar que, sempre que se trabalhar com qualquer método de previsão de demanda, é prudente estabelecer uma margem de erro, visto que se trata exatamente de uma previsão, e não de um número exato.

#4. ADQUIRA NOVOS PARCEIROS

Entender que ninguém faz sucesso sozinho é um grande passo para o sucesso de qualquer empresa. Para ajudar no desenvolvimento de novos processos e até melhorar a eficiência do seu negócio, procure parceiros comerciais.

Um detalhe importante é que tamanho ou fama não são essenciais.  Apostar em fornecedores pequenos que são promessas do setor, pode oferecer ótimos benefícios quando se fala de inovação e entrega. Uma boa parceria é sinal de ideias inovadoras e de credibilidade.

gestão logística

Gestão logística: minha empresa está no caminho certo?

Checklist Gratuito

#5. INTEGRAÇÃO DE EQUIPES

É importante que as projeções de vendas realizadas no planejamento estratégico sejam integradas com outras etapas, como o planejamento de operações, produção e finanças. Pois assim, terá um único plano de ação completo e preciso. O marketing também pode fazer parte dessa integração, para monitorar campanhas, condições de mercado, entre outros aspectos.

#6. USE POUCOS SOFTWARES DE GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

Para garantir eficiência e agilidade nos processos utilize poucos softwares, se possível apenas um. Escolha um software que atenda todas as necessidades da sua organização. Pesquise antes de tudo, e verifique quais são os pontos mais importantes na gestão.

#7. MONITORAR O DESEMPENHO DOS FORNECEDORES

A falha de um único fornecedor pode ocasionar em problemas no fluxo da cadeia de suprimentos, que consequentemente prejudica no orçamento e na satisfação dos clientes. É importante monitorar as atividades de seus fornecedores, para garantir eficiência e bons resultados.

Com o monitoramento, o fornecedor é estimulado a acompanhar os objetivos de seu cliente, acompanhando a evolução de mercado, mantendo padrões de entrega e qualidade alinhados.

Gostou do conteúdo?

Nós otimizamos operações logísticas do dia-a-dia e integramos transportadores, fornecedores e clientes em um só lugar.

Conheça o Carga Pontual

Fontes: EXAME