Gestão de transportes: o que isso envolve?

A atividade de gestão de transporte não é simples e rotineira e vai muito além da apenas a contratação de transportadoras. Com a necessidade de ampliar as áreas de atendimento geográfico  e redução de custos, as empresas começam a precisar se atualizar rapidamente, colocando a gestão de transportes em um nível tático e estratégico.

Agora, a gestão de transportes envolve coisas como:

  • Planejar e executar desembarques, se importando com coleta e entrega, cobertura geográfica, agendamentos de cargas e descargas;
  • Otimizar a capacidade de transportes, perfil da frota, definição de modais mais adequadas, identificando oportunidade de sinergia com fornecedores, clientes e outras empresas;
  • Contratar prestadoras de serviço em logística e transporte, onde serão feitas a manutenção de cadastros de parceiros, critérios de homologação de parceiros, elaboração de contratos, realização de cotações, políticas tarifárias, etc;
  • Monitoramento de desempenho, que incluem indicadores de desempenho tradicionais e a gestão de não-conformidade em transportes;
  • Desenvolvimento e implantações de programas de excelência em transportes;
  • Emissão de relatórios gerencias que auxiliarão nas tomadas de decisões;
  • Gestão de logística global;
  • Projetos em transportes, como por exemplo, o desenvolvimento de embalagens e técnicas para a unitização das cargas.

Um processo que antes era deixado em segundo plano, hoje se torna fundamental e além de tudo, amplo e complexo. E você, o que está esperando para atualizar sua gestão de transporte?

Quer conhecer mais soluções? Conheça nosso serviços clicando aqui!

Fonte: Mundo Logística

2015-07-01T10:07:16+00:0001/07/2015 às 10:07|Notícias, Strada Express|