Como a logística integrada pode auxiliar a gerir toda a cadeia de suprimentos dentro do agronegócio

Não é apenas a logística que pode trazer vantagem competitiva para o agronegócio. A premissa contrária também é verdadeira. Para o setor logístico trabalhar com o agronegócio pode ser uma ótima oportunidade.

Os produtos do agronegócio possuem épocas de safra, em que o transporte destes, se torna muito intenso. O fluxo de trabalho logístico, então, sofre um aumento exponencial, levando então que o setor se prepare para que não ocorram falhas no processo acarretando em prejuízo em vez de vantagem competitiva.

Assim, no ambiente econômico atual, altamente competitivo e caracterizado pela alta velocidade da informação e da decisão, não basta apenas vender o produto com eficiência, é necessário avaliar todo o ambiente relacionado à atividade em que se está inserido.

Sendo o agronegócio a soma total das operações de produção e distribuição de suprimentos agrícolas, das operações de produção na fazenda, do armazenamento, processamento e também a distribuição dos produtos agrícolas e itens produzidos a partir deles, a logística é parte de todo processo pois abrange toda a cadeia de suprimentos,  sendo essencial para o setor agrícola e despontando como uma ótima oportunidade  para que ambos trabalhem em conjunto.

E, a logística dentro da cadeia de suprimentos, abrange todas as atividades relacionadas ao fluxo e a transformação de mercadorias desde o estágio de matéria-prima, extração, até o usuário final, bem como os respectivos fluxos de informação. Assim, logística é parte do processo da cadeia de suprimentos que planeja, implementa e controla, de forma eficaz e eficiente, o fluxo normal e reverso e o estoque de bens, serviços e informações, a partir do ponto de origem até o ponto de consumo para satisfazer as exigências do cliente.

Então, a logística implica em promover a dinâmica entre os elementos de uma cadeia produtiva de tal forma a estabelecer tráfegos de informações, recursos financeiros, matérias-primas e produtos acabados e para que isso ocorra, há a importância de a logística trabalhar de forma integrada.

Assim, a rede integrada da logística permite que se realize de forma eficiente e ágil o fluxo de materiais, que vai desde os fornecedores até os consumidores finais garantindo a sincronização com o fluxo de informações. Assim, dentro do agronegócio, garante que, tanto as matérias primas quanto o produto que chegará até o consumidor final, estejam dentro de um fluxo ágil, eficiente garantindo que as informações de toda a cadeia de produção sejam sincronizadas.

E os benefícios da logística integrada para a gestão da cadeia de suprimentos não se resumem apenas em  uma estrutura empresarial única, ou então, em algum setor específico. Todos os envolvidos contam com vantagens que podem ser contempladas desde condições de segurança até a contínua evolução na comunicação dos envolvidos, sejam estes o conjunto de empresas da cadeia de suprimentos que operam entre si, prestadores de serviços, motoristas e, até mesmo, o consumidor final que conta com maior agilidade e redução de custos devido às novas condições e possibilidades em vantagens competitivas no mercado. Desta forma, a logística integrada pode significar uma evolução na comunicação da produção do agronegócio e também pode gerar uma melhoria contínua na sua produção e distribuição.

E, a Strada Soluções em Tecnologia tem um propósito e almeja um Brasil mais justo por meio da Logística. Então temos clara a visão da importância da área nos dias de hoje e do quão ela está presente no agronegócio proporcionando vantagens para este e o agronegócio proporcionando vantagens para a logística. E, pensando nisso e em como podemos estar cientes dos desafios que a área apresenta voltados para o agronegócio, escrevemos aqui no Blog, uma matéria da importância desta para o setor.  

2015-12-11T08:34:32+00:0011/12/2015 às 08:34|Notícias|